Jogos do Apocalipse #Cinema




Lançamento:  2013 (1h47min)
Dirigido por:  John Huddles
Elenco: Bonnie Wright, Rhys Wakefield, Katie Findlay etc.
Gênero: Drama , Fantasia , Ficção científica , Suspense
Nacionalidade: EUA , Indonésia

Sinopse: Jacarta, Indonésia. O sr. Zimit (James D'Arcy) é um professor de filosofia que trabalha em uma escola internacional. Um dia, ele resolve desafiar os alunos de sua turma e propõe um jogo em que, dos 20 jovens, apenas a metade será selecionada para viver com ele em um bunker, onde todos poderão se abrigar de um desastre nuclear que tem por objetivo reiniciar a civilização humana na Terra. Entretanto, não demora muito para que os jovens discordem das regras impostas pelo professor e o deixem de fora do bunker, sujeito à radiação do apocalipse iminente.


[Minha visão do filme]

Primeiramente devo dizer que não é um filme de terror nem religioso por causa do nome. Eu confesso que quando meu marido trouxe esse filme da locadora fiz uma careta, e achei que seria horrível. Mas era totalmente diferente do que eu pensava. Vamos lá.

Um professor de filosofia decide aplicar uma atividade no último dia de aula. Um jogo. Parece algo simples, mas é mais complicado do que podemos imaginar. Estamos no fim do mundo, o apocalipse, e o mundo é alvo de uma bomba nuclear, então temos um bunker (um abrigo seguro) com oxigênio para comportar dez pessoas por um ano. O tempo certo para que a radiação esteja baixa para sair de lá.  A tarefa é decidir entre esses vinte alunos, só dez que poderão entrar e serão de alguma utilidade para a humanidade, na reconstrução da raça humana. Para que essa atividade aconteça, ele pega uma caixa com vários papéis e distribui para que os alunos escolham, e dentro deles há uma profissão que cada um irá representar. Entre elas há faxineiro, engenheira civil, cantora de ópera, carpinteiro, entre outras. Essas posições serão cruciais na hora da seleção. Os alunos deverão desenvolver o raciocínio lógico, e colocar na balança os pontos mais importantes.



Na minha opinião é um bom filme, pra quem curte filosofia, jogos de raciocínio. Até pra quem está buscando um filme diferente pra ver, é bom.

Bem, quando os jogos começam os alunos se imaginam nos cenários propostos no jogo o que deixa o filme mais interessante do que só se eles ficassem sentados na sala discutindo. O professor diz ter um papel importante no jogo, uma carta na manga que eles poderão usar ou não mas para isso terão que confiar. O que é difícil para alguns alunos que não concordam com as teorias do professor. E já que o professor deixa bem claro que dependendo do resultado do sucesso ou fracasso no jogo as notas e recomendações podem ser alteradas, os alunos terão que se esforçar. E decidir excluí-lo pode fracassar o jogo. Mas não pense que por ser um jogo, o filme é monótono. Os personagens são bem construídos e todos eles desempenham um papel importante em dado momento do filme.


Fiquei imaginando mil hipóteses do que poderia acontecer se estivéssemos realmente no fim do mundo. O jogo dá reviravoltas, alguns personagens são substituídos e tudo começa a ficar interessante novamente.
Só acho que o fim poderia ter sido de outro jeito. Ficou meio sem sentido. Deu aquela sensação de que... "pra que aqueles jogos todos, a lógica, o aprendizado..." Mas mesmo assim eu recomendo para que assistam e tirem suas conclusões. É um filme bom, e que aprendemos algumas coisas.
Se alguém assistiu já, deixem sua opinião, ou quem quer assistir, deixe um like aí se puder. Agora, pra terem uma noção de como é, assistam o trailer aí em baixo. Bom filme!
Beijos da Sa.



8 comentários:

  1. Eu tinha visto o trailer desse filme e já tinha gostado. Agora estou doida para assistir. bjs

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante. Fiquei com vontade de assistir! Adoro esse tipo de filme.

    Adorei o blog!
    Estou seguindo.

    Ficarei feliz com uma visita sua ao meu blog!
    www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sabrina, tudo bem?
    Esse roteiro não é muito inovador... digo isso porque sou professora e conheço vários desafios parecidos que costumo encontrar em livros relacionados à dinâmica de grupo. Isso é bem bom de passar pros alunos para exercitarem o raciocínio, a lógica, o trabalho em equipe, enfim, exatamente o que o professor do filme fez (acho eu).
    Não conhecia esse filme, achei interessante e pretendo assistir! :)
    Beijo.
    Karina
    http://daliteratura.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Parece memso muito interessante, Sah! Adorei a dica, bem diferente, vou conferir!

    Dany
    A Thousand Lifetimes

    ResponderExcluir
  5. Logo que eu li o nome pensei que se tratava de algo religioso.
    Eu nunca havia ouvido falar do filme, até porque ultimamente ando com a cara metida nos livros lendo ou escrevendo e sem tempo pra mais nada. Mas eu curto muito um bom filme. Como normalmente assisto romance e comédia, às vezes bate aquela vontade de ver algo diferente e sempre gosto de ter recomendação de amigos. Tá aí um filme que eu tiraria um tempinho pra assistir, fiquei curiosa com esse jogo rs.

    Beijokas.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sá, tudo bem? Não conhecia esse filme, mas parece bem interessante. E nossa, adorei o trailer!! Vou procurar para assistir, parece ser bem diferente.

    Beijinhos,

    Rafa

    ResponderExcluir
  7. Interessante, parece um filme que mexe com o psicológico e faz nos pensar no nosso futuro... Gostei!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.